Carrinho

    Você ainda não adicionou nenhum produto ao seu carrinho.

Carrinho

Você ainda não adicionou nenhum produto ao seu carrinho.

BLOG
  • Higienização do ambiente de trabalho diminui contratempos com fiscalização

    A correta higienização do ambiente de trabalho não é um compromisso apenas com seu público-alvo ou mesmo com os funcionários. Um local bem limpo e organizado também é essencial para estar em dia com as especificações da vigilância sanitária. Por isso, manter essa limpeza nos equipamentos, produtos, coifas de cozinha industrial e até mesmo na apresentação dos profissionais, é muito importante para garantir a regularização do seu negócio.

    Para facilitar esse processo, que não pode ser feito de qualquer maneira, vamos mostrar quais são as normas da vigilância sanitária para bares e restaurantes em geral, bem como a higienização de cozinhas industriais.

    Vamos conferir o seu processo?

    Como funciona a higienização do ambiente de trabalho?

    higienizaçao-do-ambiente-de-trabalho

    A limpeza do local de trabalho deve ser diária e, de preferência, após os horários de pico ou antes deles. A cozinha deve estar sempre limpa, mas é preciso manter o bom senso com relação ao uso de determinados produtos para que estes não atrapalhem os profissionais, principalmente em momentos de muita movimentação.

    Entre as tarefas que podem ser realizadas para garantir a perfeita higiene no seu estabelecimento, podemos citar os seguintes exemplos:

    • Tirar o lixo na metade e no fim do expediente;
    • Colocar os panos de limpeza para lavar no início do expediente e separar um horário específico para finalizar a lavagem;
    • Varrer e esfregar o chão do local, desde o salão de atendimento ao público até as áreas internas, como cozinha, despensa e frigorífico;
    • Limpar os sistemas de cocção a vapor e coifas;
    • Limpar e lavar grelhas, fogões e tantos outros recursos da cozinha.

    Quanto aos funcionários, as mãos devem estar sempre limpas. Por isso, é de responsabilidade dos gestores oferecer materiais para que seus funcionários estejam sempre higienizados, bem como o direcionamento para que essas práticas sejam feitas de forma consciente.

    De nada adianta oferecer uma boa estrutura para manter seus funcionários em dia com a limpeza se não houver uma educação adequada. Dependendo do segmento alimentício, é mais recomendável que usem luvas. A vestimenta também deve estar bem limpa, com aventais sempre à disposição para eventuais acidentes.

    Produtos de limpeza para restaurantes e cozinhas industriais

    produtos-de-limpeza

    Mais do que limpar com água e sabão, existe toda uma lista de produtos que não podem faltar na área de limpeza do seu estabelecimento a fim de garantir uma boa higienização do ambiente. Vejamos os mais importantes para que sua cozinha esteja sempre limpa.

    • Destruidor de Limo;
    • Tira Manchas;
    • Sabão em Pasta;
    • Amaciante (para panos de chão e roupas);
    • Limpa Vidros;
    • Desinfetante;
    • Detergente;
    • Cera Líquida;
    • Esponja (metálica, dupla face e limpa grill);
    • Vassoura;
    • Escova de Limpeza;
    • Brilha Alumínio;
    • Panos de Chão;
    • Álcool Gel;
    • Papel toalha.

    A lista ainda pode ir muito mais além, pois, para cada tipo de ambiente existe um produto específico. Utilize a lista acima como base para montar a sua, além de aproveitá-la como um checklist dos itens em falta.

    Quais são as normas da vigilância sanitária para restaurantes e cozinhas em geral?

    normas-da-vigilancia-sanitaria-restaurantes

    Por fim, para facilitar o direcionamento do seu restaurante quanto à limpeza, vamos mostrar algumas normas que a vigilância sanitária exige para que o estabelecimento esteja em seu melhor estado.

    • O piso deve estar sempre limpo, ser impermeável, antiderrapante e contar com um declive adequado para o escoamento da água, que nunca deve ser direcionada para a rua;
    • Além de serem revestidos com pintura resistente a limpeza, o teto ou o forro devem ser contínuos e sempre em ótimo estado de conservação;
    • Os materiais devem estar em estrados específicos na despensa, com altura mínima de 20 cm do chão e cerca de 20 cm longe das paredes;
    • Todos os utensílios e recipientes devem possuir tampa e encontrarem-se devidamente limpos para o uso;
    • O mesmo vale para os materiais de cozinha;
    • Todo o ambiente deve ser limpo diariamente.

    Seguindo estas normas simples, a higienização do ambiente de trabalho se torna mais fácil e ganha vários pontos com a vigilância sanitária. O segredo para que essa obrigação não se torne enfadonha é delegar tarefas específicas para cada responsável e realizar o rodízio das tarefas, para que todos estejam familiarizados com o processo. Não deixe de manter seu restaurante e cozinha limpos.

     

    Até a próxima!

    Comentários

    Deixe uma resposta
  • Categorias